Mais Lidas

Crise na CLDF

Secretário-geral da Câmara Legislativa pede para sair

Porto pediu para voltar para a Defensoria Pública do DF

acessibilidade:

O secretário-geral da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), José  Wilson Porto, pediu exoneração do cargo na noite desta quinta-feira (25). Ele pediu para voltar para a Defensoria Pública do Distrito Federal, já que é defensor público de carreira.

A Mesa Diretora vai definir o novo secretário-geral nesta sexta-feira (26). A posse deve ocorrer na próxima segunda (29).

Porto entrou no lugar de Valério Neves, que foi preso durante a 28ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Vitória de Pirro.

Neves também é alvo da Operação Drácon. Braço direito de Celina Leão (PPS), ele aparece nos áudios gravados pela distrital Jaqueline Roriz (PTB), sobre o suposto esquema de propina na CLDF. Ele é quem explica para a distrital a mudança no “projeto”.