Mais Lidas

Na contramão de Doria

Prefeitura de SP determina o cancelamento de todos eventos com aglomerações

Medida visa combater a ampliação da crise do coronavírus na cidade

acessibilidade:
Foto: Rovena Rosa/ABr

Após receber pedido de esclarecimento da Promotoria de Justiça de Direitos Humanos do Ministério Público (MP) na capital paulista, a Prefeitura de São Paulo decidiu determinar o cancelamento por tempo indeterminado de todos os eventos com grandes aglomerações de pessoas no município.

A medida foi adotada pelo prefeito em exercício Eduardo Tuma (PSDB) após deliberação com Bruno Covas, que está licenciado do cargo até domingo (15).

A determinação abrange eventos culturais, governamentais, esportivos, políticos, comerciais ou religiosos e será oficializada por meio de publicação no Diário Oficial do município.

Em reunião na tarde desta sexta-feira (13) com Tuma, os secretários saíram com a missão de listarem os acontecimentos relacionados às suas pastas que possam implicar na reunião de grande número de pessoas.

A decisão da prefeitura segue na contramão do governo de São Paulo, que até o momento tem preferido manter todas as atividades abertas ao público. O governador João Doria informou que qualquer mudança nesse sentido seria feito de acordo com a análise da evolução da doença no estado.

Vídeos Relacionados