Ministério da Saúde

Brasil tem, oficialmente, 34 mortos por Covid-19 e 1.891 casos de infecção

Dos oito novos óbitos confirmados desde ontem em SP, seis são homens e duas mulheres

acessibilidade:
Foto: Getty Images

O total de casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) subiu para 1.891 nesta segunda-feira (23), segundo balanço do Ministério da Saúde. O novo número representa um aumento de 22% em relação aos 1.546 casos anunciados até domingo (22).

O número de mortes também aumentou, 36%, e agora somam 34 mortes: três novos em São Paulo e um no Rio de Janeiro. O índice de letalidade está em 1,8%.

Entre os pacientes que morreram em consequência da doença Covid-19, 30 estavam no estado de São Paulo e quatro no Rio de Janeiro.

Dos oito novos óbitos confirmados desde ontem em SP, seis são homens (de 33, 68, 75, 76, 77, 78 anos) e duas mulheres (de 80 e 88 anos).

De acordo com levantamento do Ministério da Saúde, São Paulo concentra a maior parte dos casos (745), seguida por Rio de Janeiro (233), Ceará (163), Distrito Federal (133), Minas Gerais (128), Rio Grande do Sul (86), Santa Catarina (68), Bahia (63), Paraná (56), Pernambuco (42) e Amazonas (32). Os demais estados apresentam menos de 30 casos cada até o momento.

“Atualmente, todos os estados do país registram casos da doença, mas nem todas as regiões apresentam o mesmo nível de transmissão. A região norte, por exemplo, tem 3,1% do total de casos do Brasil. Na outra ponta, a região Sudeste representa o maior percentual, na ordem de 60%”, disse o Ministério da Saúde, em nota.

O Ministério não informa mais o número de possíveis casos de Covid-19 por considerar que o país inteiro se encontra em transmissão comunitária —ou seja, quando não é possível identificar a origem do vírus— e, diz que, por isso, qualquer um com sintomas gripais é um caso suspeito. ​

Reportar Erro