Médicos

Salário de R$ 17,6 mil atrai só 5 candidatos

A Secretaria de Saúde do DF pretendia contratar 80 pediatras

acessibilidade:

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal recebeu apenas cinco inscrições para o concurso que contrataria, de forma temporária, 80 pediatras para os hospitais públicos da cidade. O salário rejeitado pelos profissionais era de nada mais nada menos que R$17,6 mil. Trata-se de um valor 63% maior que a remuneração oferecida em concurso público para vagas permanentes, que chega a R$ 10,8 mil. Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos, Gutemberg Fialho, a rejeição se deve às péssimas condições de trabalho oferecidas pelo Governo do Distrito Federal e ao contrato falho, que não prevê os mesmos benefícios de servidores efetivos.

A expectativa do GDF era de que o certame ajudasse a normalizar os serviços nos hospitais regionais de Santa Maria, cuja pediatria já foi fechada por falta de profissionais. O Gama também passa pelo mesmo problema, mas ainda consegue abrir a pediatria de sábado a terça.

A seleção, segundo a própria secretaria, só chamou atenção de 13 pessoas. Dessas, apenas cinco entregaram a documentação necessária para conseguir uma das vagas. Desta forma, a concorrência é de 0,06 candidato por vaga ofertada.

Reportar Erro