Saúde Pública

Rollemberg reforça a necessidade união com Goiás contra Aedes aegypti

As ações no Entorno serão definidas nos próximos dias

acessibilidade:

O governador Rodrigo Rollemberg enfatizou a necessidade de ações conjuntas entre o Distrito Federal e as cidades do Entorno no combate contra o mosquito Aedes aegypti. Rollemberg já entrou em contato com o governador goiano Marconi Perillo.

As declarações ocorreram durante a reunião do Consórcio Público de Manejo dos Resíduos Sólidos e das águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e Goiás (Corsap), no Palácio do Buriti.

O governador afirmou que equipes da Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde do DF vão se reunir para definir as ações conjuntas com Goiás, “os maiores números de casos de dengue de pessoas que vieram do Entorno e que foram notificadas no Distrito Federal são de Águas Lindas e de Padre Bernardo, municípios goianos que fazem fronteira com Brazlândia, onde estamos com maior incidência da doença, o que demonstra ser necessária essa ação conjunta”.

Essa parceria já ocorreu em Santo Antônio do Descoberto (GO), no dia 13 de janeiro a Secretaria de Saúde do DF oficializou o empréstimo de dois fumacê para a cidade devido à grande quantidade de focos na localidade.

O secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidade e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha representou Perillo no encontro, e afirmou que “além da integração dos governos é importante o envolvimento da sociedade para enfrentar Aedes aegypti”.

Também participaram do Corsap o Secretário de Saúde do DF, Fábio Gondim, o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, a diretora do Serviço de Limpeza Urbana, Kátia Campos, o Secretário-adjunto de Relações Institucionais e Sociais da Casa Civil Igos Tokarski, além de prefeitos e representantes do Entorno.

 

Reportar Erro