Mais Lidas

Dança das cadeiras

Rollemberg exonera diretor do Detran e mexe na PM

Jayme Amorim foi exonerado por ser indicação de Celina Leão

acessibilidade:

Conforme antecipado pelo Diário do Poder em 28 de novembro, o governador Rodrigo Rollemberg exonerou nesta sexta-feira (9) o diretor-geral do Departamento de Trânsito (Detran-DF), Jayme Amorim, indicação política da distrital Celina Leão (PPS), afastada da presidência da Câmara Legislativa por determinação da Justiça. Amorim estava à frente do órgão desde janeiro de 2015.

O atual diretor-adjunto é José Antônio Araújo, mas ele não vai assumr interinamente o cargo, segundo o GDF. A Secretaria da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais informou que o governo está renovando a gestão para os próximos dois anos. "A busca é por um Detran mais moderno, prezando por um atendimento cada vez melhor para o cidadão".

Além do Detran, Rollemberg também mexeu no Comando-Geral da Polícia Militar, como previsto. Saiu nesta sexta a exoneração do subcomandante da corporação, coronel Leonardo Sant'Anna, que assume o posto de subsecretário da Subsecretaria de Integração e Operações de Segurança Pública, da Secretaria de Segurança Pública.

O novo subcomandante-geral da PM agora é o coronel Fábio Pizetta, até então chefe de Estado-Maior. No lugar de Pizetta entra Ricardo Yamasaki Santiago. O comandante-geral, coronel Antônio Nunes, continua em seu lugar.

A exoneração da secretária de Segurança, Márcia de Alencar, não foi publicada no Diário Oficial desta sexta. Bastante criticada e colecionadora de polêmicas, a previsão é de que ela saia até o fim do mês.