comércio ilegal

Polícia Civil prende 54 suspeitos por venda de “gato” de TV e internet no Rio

Segundo a investigação, os líderes do esquema comunicavam-se da prisão com os parceiros por telefone

acessibilidade:
Foto: Reprodução

A Polícia Civil (PC) do Rio de Janeiro dá cumprimento, na manhã desta quinta-feira (12), a 54 mandados de prisão temporária contra suspeitos de exploração ilegal de serviços de TV a cabo e internet, popularmente conhecido como “gato”.

A grande operação também cumpre 168 mandados de busca e apreensão nos municípios de Resende, Porto Real e Itatiaia.

De acordo com a PC, o grupo além de fazer instalações clandestinas, também estava envolvido com a comercialização indevida de botijões de gás.

A investigação aponta que os líderes do esquema atuavam de dentro de presídios e comunicava-se com os integrantes da organização por meio de aplicativos de troca de mensagens.