Tentativa de homicídio

Motorista do deputado Sargento Portugal é baleado no RJ

O ataque ocorreu dois dias após o deputado denunciar marginais que agem nas comunidades do RJ

acessibilidade:
Deputado federal Sargento Portugal (Pode-RJ). (Foto: Reprodução/Instagram/Acervo Pessoal).

O motorista do deputado federal Sargento Portugal (Pode-RJ) foi baleado no Condomínio Moradas, no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde o parlamentar reside.

A vítima foi atingida por um tiro de fuzil 5.56 do lado de fora do carro de Portugal, enquanto o motorista aguardava o deputado para sair em direção ao evento Marcha para Jesus, na noite do sábado (25).

O atentado foi registrado na 16ª Delegacia Policial, na Barra da Tijuca. Por questão de segurança, o nome da vítima não foi divulgado.

O motorista e o deputado federal passam bem.

O ataque ocorreu dois dias após Sargento Portugal denunciar marginais que agem nas comunidades do Rio das Pedras e Muzema, na Zona Oeste da capital carioca.

O parlamentar alega que tem sido alvo de diversas ameaças nas redes sociais.

Para o Portugal, o atentado é reflexo de um país onde as leis são frouxas.

“O caos na segurança pública escancara ausência de leis mais severas para criminosos. Está um caos, a população pedindo socorro. Irei cobrar uma investigação rigorosa para que apure as circunstâncias do ataque. E que os responsáveis sejam identificados e responsabilizados”, afirmou.

Reportar Erro