Mais Lidas

contaminações em alta

Leitos de UTI em rede de saúde municipal do Rio chega à lotação máxima

Novas vagas devem surgir nos próximos 15 dias no Hospital de Campanha do Rio Centro

acessibilidade:
Balcão com mulher sentada ao fundo e placa do SUS à frente
Medicamentos também poderão ser fornecidos a pacientes com prescrição de médico particular. Foto: Agência Brasil

Os leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 atingiram 100% de ocupação na rede municipal de saúde na cidade do Rio de Janeiro. Ao todo, a capital tem 288 acomodações nas Unidades de Terapia Intensiva.

Além da ocupação máxima, existem 181 pessoas aguardando transferência para leitos nestas unidades na capital carioca e na Baixada Fluminense. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a disponibilidade destes leitos é dinâmica, podendo surgir vagas a qualquer momento.

A Prefeitura do Rio informou que existem 707 pessoas internadas com a doença nos hospitais da rede municipal. Há previsão de que 170 vagas sejam abertas na enfermaria do Hospital de Campanha do Rio Centro e mais 50 vagas em UTI nos próximos 15 dias.

Na rede estadual de saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI é de 92%, enquanto as enfermarias têm 87% de sua capacidade já utilizada.

 

Reportar Erro