Mais Lidas

Alma do negócio

Renan Filho paga R$ 38 mil em outdoor e atrasa obra anunciada

Publicidade eleitoreira foi maior investimento em duplicação

acessibilidade:

Avança lentamente pelo acostamento, mais precisamente pelo meio fio, a duplicação da Avenida Cachoeira do Meirim, no bairro mais populoso de Maceió, o Benedito Bentes. A obra eleitoreira “lançada” há dois meses pelo governador Renan Filho (PMDB), teve em seu outdoor o maior investimento do Governo do Estado no projeto, até esta quarta-feira (16). A peça publicitária em 3D custou R$ 38 mil do dinheiro do povo.

Com largura próxima a 15 metros, o outdoor montado em estrutura e propriedade do Estado exibe o slogan “A transformação de Alagoas começa por Maceió”, para reforçar o argumento eleitoral de que a capital alagoana avançaria mais, em parceria do governador Renan Filho com seu candidato Cícero Almeida, o Ciço (PMDB), no cenário frustrado pela reeleição de Rui Palmeira (PSDB). O mote do "cenário ideal" com a união dos peemedebistas pontuou toda a campanha de Ciço.

Sem a mesma agilidade e grandiosidade do evento de lançamento da obra, da montagem e do pagamento do outdoor, a duplicação autorizada em 09 de setembro começou a se mover apenas no início deste mês de novembro, com o alargamento da via e a construção do meio-fio.

Operários da FP em serviçoMEIO-FIO PRIMEIRO

Depois de ir até o local da duplicação e constatar a movimentação de alguns operários e de uma escavadeira, o Diário do Poder quis saber da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano o motivo do atraso na obra. E a explicação foi de que houve algumas mudanças no projeto e de que o asfalto está passando por uma recuperação profunda, que é a identificação e a correção do problema que existe no asfalto em vez de apenas “tapar buraco”. A promessa foi de que, na próxima semana, haja “mais volume de obra”.

Os 4 km da duplicação realizada no programa “Pró Estrada Alagoas” custarão aos cofres estaduais R$ 8 milhões, além de emendas de bancada federal – R$ 6,5 milhões. De acordo com o Portal da Transparência, nenhum centavo foi pago à empreiteira responsável pela duplicação, a F.P. Construções LTDA.

Informações sobre o valor e prazo para a conclusão da obra não constam no outdoor que simula a ação de uma máquina construindo a duplicação daquela avenida, que é uma rodovia estadual. A ausência desses dados é prova de que o foco da peça publicitária não era informar o cidadão de forma transparente, mas conquistar o eleitor, que agora cobra a promessa do governador que atuou como dublê de candidato a prefeito nos últimos meses.