Mais Lidas

operação matáá

Queimadas no Pantanal são alvo de operação da Polícia Federal

Áreas de Preservação Permanentes foram atingidas por queimadas ilícitas

acessibilidade:
Operação Matáa da PF investigada queimadas no Pantanal. Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã de hoje (14), deflagrou no Mato Grosso do Sul a Operação Matáá. A ação investiga em Campo Grande e em Corumbá possíveis responsáveis pelas queimadas na região do Pantanal Sul.

Foram expedidos 10 mandados de busca e apreensão, mas segundo a PF, também podem ocorrer prisões em flagrante nos locais investigadas. O dano ambiental causado pelas chamas supera 25 mil hectares. Áreas de Preservação Permanentes e áreas limítrofes do Parque Nacional do Pantanal Mato- grossense e da Serra do Amolar foram atingidas.

Os policiais responsáveis pelo cumprimento dos mandados utilizaram aeronaves e embarcações para chegar às áreas de difícil acesso. A PF não informou quem são os suspeitos pelas queimadas e nem como a investigação chegou a estes alvos.

Matáá significa “fogo” no idioma guató, em referência aos índios pantaneiros da tribo homônima que vivem nas proximidades das áreas atingidas.