Mais Lidas

Aumento abusivo

Procon DF notifica postos de combustível por abuso nos preços

Serão notificados os estabelecimentos que estiverem comercializando o litro da gasolina acima de R$ 4,22

acessibilidade:
Para os mais pobres, além do preço dos combustíveis, os reajustes de 0,33% do ônibus urbano e de 0,56% do trem também pressionaram para a alta da inflação Foto: Marcelo Camargo/ABr

O Instituto de Defesa do Consumidor no Distrito Federal (Procon-DF) está com seus fiscais nas ruas nesta quarta-feira (18), para identificar e notificar os postos de combustível, que estão aplicando preços abusivos, ou seja, comercializando o litro da gasolina acima de R$ 4,22.

O parâmetro para a notificação segue o preço médio praticado para o produto na capital, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre os dias 08/09 e 14/09/2019.

Os postos notificados têm 10 dias para prestar esclarecimentos ao Procon sobre a justificativa do aumento repentino nos valores da gasolina e do diesel desde o dia de ontem (17), sob risco de sanção por aumento abusivo nos preços.

Após os ataques as refinarias de petróleo na Arábia Saudita, no último sábado(14), motoristas do DF perceberam que muitos postos aumentaram o preço da gasolina, chegando até o valor de R$ 4,50 o litro.

Mercado internacional

Hoje, o ministro da Energia da Arábia Saudita, príncipe Abdulaziz bin Salman, disse que o abastecimento de petróleo retornou aos níveis anteriores aos ataques de sábado, nas instalações petrolíferas.