Mais Lidas

Manifestações pacíficas

Presidente do STF pede responsabilidade e respeito nas manifestações de 7 de setembro

Fux afirmou que a liberdade de expressão não comporta violências e ameaças

acessibilidade:
Para Fux, a democracia deriva do dissenso institucionalizado e não da “discórdia visceral ou do caos generalizado” Foto: Fellipe Sampaio/ STF

Durante abertura da sessão desta quinta-feira (02), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux pediu responsabilidade cívica e respeito institucional nas manifestações de rua, que estão programadas no país todo, no feriado da Independência do Brasil, no dia 7 de setembro.” Independentemente da posição político-ideológica que ostentam”.

Fux ressaltou que o STF sempre defendeu a liberdade de expressão, mas que esta não comporta violência e ameaças. “Num ambiente democrático, manifestações públicas são pacíficas, por sua vez, a liberdade de expressão não comporta violências e ameaças. O exercício de nossa cidadania pressupõe respeito à integridade das instituições democráticas e de seus membros”.

Na narrativa, o ministro também salientou que as crítica são válidas, desde que feitas com respeito e sem emprego de violência. “A crítica construtiva provoca reflexões, descortina novos pontos de vista e convida ao aprimoramento institucional. A crítica destrutiva, por sua vez, abala indevidamente a confiança do povo nas instituições do país”.

O presidente do STF disse confiar em manifestações pacíficas. Para Fux, as liberdades dos cidadãos não são benesses do Estado, mas conquistas da democracia brasileira. “Cidadãos agirão em suas manifestações com senso de responsabilidade cívica e respeito institucional, independentemente da posição político-ideológica que ostentam”.

Vídeos Relacionados