Juntos em nova missão

Policias da ROTA e COE, pai e filho, disputam eleições em São Paulo

Ambos unidos na mesma missão, atuar na política brasileira

acessibilidade:
O capitão Rafael Telhada desde cedo seguiu os passos do pai na PMSP

Mais uma vez, o capitão Rafael Telhada segue os passos do pai , coronel Paulo Telhada, e agora além da atuação policial ele quer atuar na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP).

“Meu pai é o meu grande exemplo. E quero dar continuidade ao trabalho que ele exerceu com êxito dentro do âmbito legislativo. Se for permissão de Deus, seremos dois grandes representantes, um em Brasília e outro em São Paulo”.

O capitão Rafael Telhada desde cedo seguiu os passos do pai na PMSP, que  foi um dos oficiais fundadores do GATE e comandou por anos o pelotão da ROTA como 2º e 1º tenente. Assim como, o 1º Batalhão de Polícia de Choque “Tobias de Aguiar” (ROTA).

Rafael ingressou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco aos 17 anos. Em sua trajetória se destacou como tenente e comandante da ROTA e também atuou no COE, (Comandos e Operações Especiais). “Sou um Caveira”, destaca ele com orgulho, na Rota e Força Tática, grupos de elite da polícia paulista”.

O coronel Telhada se aposentou da PMSP, no ano de 2011 e em 2012 já encarou a missão de entrar na vida política, sendo eleito vereador na Câmara Municipal de São Paulo. Na eleição seguinte, em 2014, se elegeu como deputado estadual, sendo reeleito em 2018.

Agora, o foco é a Câmara dos Deputados. “Hoje, recebi a missão de concorrer a uma vaga para deputado federal. Será um novo desafio. Em Brasília é outro nível de responsabilidade que irei desempenhar em prol do Brasil, e do meu querido estado de São Paulo”, destaca.