Mais Lidas

Transporte Público

Polícia cumpre mandado de busca e apreensão na Câmara Lagislativa

Também houve buscas na casa de Walter Vasquez

acessibilidade:

A Delegacia de Repressão a Crimes contra a Administração Pública (Decap) esteva nesta quarta-feira (27) na Câmara Legislativa para cumprir mandados de busca e apreensão.

 Os policiais civis também estiveram na casa do ex-secretário de Transportes José Walter Vasquez e na casa da sua ex-assessora Mara Viegas. Além de Brasília a operação se estende a Goiás e Curitiba.

Na Câmara as buscas foram no gabinete do deputado distrital Ricardo Vale (PT), que integra a CPI dos Transportes. Mara está lotada no gabinete do petista, e os agentes foram atrás de informações nos computadores da assessora de imprensa.

Na casa de Mara foi aprendido um HD, dois celulares e uma agenda. Assessora alega que as buscas em sua residência foram provenientes de uma denúncia feita por um delegado que integra a CPI dos Transportes, sobre possíveis informações que teriam sido repassadas para ela.

As buscas em Curitiba foram na casa e no escritório do advogado Sacha Reck, que era assessor na licitação e na sede da Auto Viação Marechal. Em Goiânia as buscas foram na casa de Galeno Furtado  presidente da comissão de licitação.

Fraudes em licitações

Nesta segunda-feira o juiz Lizandro Gomes Filho da 1ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) anulou a licitação do transporte público por irregularidades no processo a partir de 2011. Também determinou que em 180 dias o governo contrate novas empresas de ônibus.

Desde 2013 o processo corre na justiça envolvendo as empresas: Piracicabana, Pioneira, Expresso São José, Marechal e HP-Ita Transportes (Urbi).