Mais Lidas

Agia no Gama

Polícia Civil prende estuprador que usava sites de vendas para atrair vítimas

Homem já respondia por um estupro cometido em Águas Lindas

acessibilidade:

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu nesta terça-feira (4) um estuprador que utilizava sites de vendas para atrair suas vítimas. Leonildo Barboza Lima, 25 anos, foi detido no Gama, é acusado de estuprar, pelo menos três mulheres entre os dias 16 de agosto e 21 de setembro.

O estuprador agia sempre da mesma forma, escolhia em sites de vendas, mulheres que estavam oferecendo serviços de diarista e de recepcionista, e contratava as mulheres para uma faxina, ou para trabalhar em festas que nunca existiram.

Leonildo buscava as vítimas em lugar previamente combinado e as levava para o Núcleo Rural Ponte Alta, no Gama. Como dizia para as vítimas que o local do serviço seria em uma chácara, as mulheres não estranhavam quando eram levadas para uma área rural. Lá, agredia as vítimas, ameaçava e obrigava a ter relações sexuais com ele. Ao final, o homem forçava as vítimas a beber o conteúdo de uma garrafa de vinho, pois, segundo ele, ninguém acreditaria em uma mulher bêbada que dissesse que foi estuprada.

Uma das vítimas relatou que teve a frieza de dizer que estava gostando do ato e o estuprador perdeu a ereção, ficou com raiva e tentou estrangulá-la. Os dois entraram em luta corporal, a vítima atingiu o estuprador com uma pedra, mas mesmo assim, ele conseguiu amarrá-la.

O estuprador é casado e tem um filho. Para sair de casa e praticar os crimes, dizia para a esposa que ia fazer “bicos” de garçom. Leonildo já respondia por um estupro cometido aos 21 anos em Águas Lindas (GO) e estava em progressão de regime. Estava em liberdade há seis meses, tendo que ir três vezes por semana ao presídio de Águas Lindas para assinar atestado de comparecimento.

A 20ª DP pede às mulheres que foram vítimas desse homem, que entrem em contato pelos telefones 3207-7773, 3207-7776 e 3207-7805.