Mais Lidas

Arruaça no Setor Hoteleiro

PM adia desocupação de hotel invadido há três dias

PMDF preferiu aguardar posição de outros órgãos do governo

acessibilidade:

A reintegração de posse do Hotel Saint Peter, no Setor Hoteleiro Sul, foi adiada pela Polícia Militar. Apesar de ter um plano de ação pronto, a PMDF preferiu aguardar a posição de outros órgãos do governo, que ainda não concluíram reuniões sobre o assunto. A ação da polícia estava prevista para acontecer ainda nesta quarta-feira (16). Desde domingo, o grupo com cerca de 500 pessoas invadiu as instalações de luxo. A Justiça autorizou ontem (15) a reintegração de posse.

Os invasores ocuparam sete andares do hotel, além do hall, e área da piscina. Ontem, eles receberam mantimentos. Na área externa, lançaram rojões e coquetéis molotov ao som de gritos de ordem. Os manifestantes dizem que não foram notificados e, mesmo que fossem, prometem resistir à ação de desocupação.

O grupo faz parte do Movimento de Resistência Popular e estava acampado havia dois meses no Setor Bancário Norte, na porta da Secretaria de Fazenda do DF. Receberam auxílio-aluguel por um ano e querem a prorrogação do benefício. Querem ainda ser incluídos em programa de habitação para baixa renda. Enquanto isso, promovem arruaça pelas ruas de Brasília. Os manifestantes já interromperam as vias do DF por algumas vezes, causando transtornos aos motoristas.

Fechado

O Hotel Saint Peter está com as portas fechadas desde março deste ano após decisão judicial. A ordem de despejo, pelo Tribunal de Justiça do DF, ocorreu no meio do expediente e obrigou o remanejamento de hóspedes. O motivo foi reajuste de valores referente ao aluguel do imóvel.

Foi neste mesmo hotel que, em setembro do ano passado, um homem fez um funcionário refém. Ele ameaçou explodir uma bomba no local. Outro assunto que ganhou a mídia foi a oferta de emprego ao ex-ministro José Dirceu. O dono do hotel ofereceu uma vaga ao condenado no escândalo do mensalão com um salário generoso de R$ 20 mil como gerente. 

Reportar Erro