Disputa pelo governo

Pimenta e Pimentel disputam simpatia de prefeitos durante evento

Tucano e petista disputam simpatia de prefeitos mineiros em evento

acessibilidade:

O 31º Congresso Mineiro de Municípios mostrou uma prévia do tom que deve ser adotado nas eleições para o governo de Minas Gerais. Os pré-candidatos Fernando Pimentel (PT) e Pimenta da Veiga (PSDB) discursaram para os prefeitos mineiros. Pimentel esforçou-se para exaltar os feitos da presidenta Dilma Rousseff (PT), Pimenta atacou a gestão da petista e despejou elogios ao senador e pré-candidato à Presidência, Aécio Neves (PSDB).

As equipes dos pré-candidatos se desdobraram e conseguiram evitar um encontro entre Pimenta e Pimentel, que chegarem juntos por causa do atraso de aproximadamente uma hora do petista. Fernando Pimentel, que já foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, foi o primeiro a discursar. O petista mostrou-se solidário às demandas dos prefeitos, em especial nas queixas sobre o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Pimentel afirmou que a presidenta Dilma deve liberar mais dinheiro para as prefeituras na próxima marcha dos prefeitos na próxima semana, em Brasília.  ?O governo vai discutir com prefeitos e prefeitas a possibilidade de estender de novo, de fazer um novo aporte, talvez seja até um aporte definitivo. Estou antecipando isso aqui. Depois talvez até a presidente puxe minha orelha?, os prefeitos gostaram do que ouviram e aplaudiram o petista.

O tucano Pimenta da Veiga sequer esperou subir ao palco para criticar Dilma Rousseff, classificou o anúncio feito por Pimentel como apelação eleitoral e condenou as promessas da presidenta. ?Vocês que estão próximos à BR-381, quantas promessas ouviram de que a rodovia seria duplicada? Sabemos que na semana que vem vão prometer de novo, mas quantos quilômetros foram feitos? Nada?. Pimenta se referiu à visita que Dilma fará a Minas Gerais na próxima segunda-feira (12).

Reportar Erro