Mais Lidas

Operação Quinta Coluna

PF investiga uso de aviões da FAB para o transporte de drogas até a Espanha

São cumpridos 15 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal

acessibilidade:
Mala preta com emblema da Polícia Federal
PF identifica doleiros que lavavam dinheiro do tráfico de drogas Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (2), ação para investigar quadrilha que utilizava as aeronaves da Força Aérea Brasileira – FAB para fazer o transporte de drogas do país até a Espanha. O grupo também é suspeito de lavar o dinheiro obtido com a comercialização dos entorpecentes.

Sargento preso em Sevilha.

Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e mais dois de restrição a comunicação dos investigados, bem como a sua saída do Distrito Federal. A Justiça também determinou o sequestro de bens móveis e imóveis possivelmente adquiridos com valores recebidos do tráfico.

De acordo com a PF, a quadrilha organizou um esquema afim de ocultar a origem do dinheiro ilícito. Como forma de dispersar os valores, os suspeitos compraram veículos e imóveis com pagamento de altas quantias em espécie.

Prisão na Espanha

O sargento brasileiro Manoel Silva Rodrigues foi preso na cidade de Sevilha, em 25 de junho de 2019, pelo porte de 39 kg de cocaína em sua bagagem. O militar acompanhava comitiva presidencial que levava Bolsonaro até uma reunião do G20 que ocorria no Japão.

O militar informou que deveria fazer o transporte da droga do Brasil e entregá-la a um intermediador na Espanha. o crime foi descoberto somente em Sevilha, quando as bagagens passaram por inspeção no raio-x. O sargento continua preso no país europeu e deve cumprir 6 anos em regime fechado.

 

 

Reportar Erro