Mais Lidas

Paraíso castigado

PF investiga se crime ambiental manchou de óleo 115 praias em oito estados do Nordeste

Petróleo cru que atinge oito estados incomoda turistas, e matou 11 tartarugas marinhas e uma ave

acessibilidade:

A Polícia Federal instaurou divulgou hoje (2) que instaurou em setembro, por ato de ofício, inquérito policial para apurar a origem da substância de aspecto oleoso, encontrada em pelo menos 115 praias de 55 municípios de oito estados do Nordeste, em especial, em inúmeras praias do Rio Grande do Norte, há cerca de um mês.

A agressão ambiental com a substância identificada pela Petrobras e Marinha como petróleo cru de origem externa já matou 11 tartarugas marinhas e uma ave. E tem incomodado turistas.

A PF afirma que a  ação foi tomada tão logo surgiram as primeiras informações, na imprensa nacional, sobre o fato; bem como sobre a possibilidade da ocorrência de eventual dano ambiental de grandes proporções na região.

As investigações estão concentradas na Superintendência Regional da PF no Rio Grande do Norte, contando com a participação das áreas de combate aos crimes ambientais, de inteligência e de perícia.

As diligências estão em andamento desde a instauração do inquérito policial e contam com a participação de diversas instituições, dentre elas o IBAMA, a Marinha do Brasil, Universidade Federal Rural de Pernambuco e o Ministério da Defesa (CENSIPAM). (Com informações da Comunicação Social da PF)

Vídeos Relacionados