Mais Lidas

Lenha na fogueira

Pedro Simon apela a FHC para ajudar convencer Doria a desistir da eleição

Ex-senador alega que projeto de Doria "não deu" e elogia Simone Tebet

acessibilidade:
Ex-senador Pedro Simon (MDB) - Foto: reprodução do canal da Rádio Bandeirantes.

O ex-senador gaúcho Pedro Simon, um dos mais respeitáveis líderes políticos do País, fez hoje um apelo ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para se associar aos demais dirigentes tucanos e tentar convencer o ex-governador de São Paulo João Doria a desistir de sua candidatura a presidente da República.

Para ele, é necessário demonstrar a Doria que sua candidatura “não deu” e que é preciso saber recuar, reconhecer que talvez esta não seja o momento de disputar o cargo. Durante entrevista ao programa Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, Simon afirmou que, como presidente de honra do PSDB, Fernando Henrique tem um papel importante nesse sentido.

Reunida na tarde desta terça (17), a executiva nacional do PSDB decidiu em reunião convocar Doria a ouvir as críticas à sua pré-candidatura e tentar fazê-lo desistir.

Maior inimigo de Doria no partido, o deputado Aécio Neves (MG) chegou a ameaçar derrotar o ex-governador na convenção nacional que vai oficializar a candidatura tucana.

Durante a entrevista, com o vigor conhecido pelos brasileiros ao longo de seus 32 anos no Senado, Simon elogiou muito a correligionária e pré-candidata a presidente Simone Tebet (MS), afirmando confiar em sua capacidade de liderar um movimento que conduza o País a um período de pacificação e desenvolvimento.

O ex-senador e ex-ministro Pedro Simon foi entrevistado, no Jornal Gente da Rádio Bandeirantes, pelos jornalistas Thays Freitas, Sonia Blota, Pedro Campos e Cláudio Humberto.

Reportar Erro