Mais Lidas

Obras de duplicação da AL-101 Norte desviam trânsito em Jacarecica

Desvios das obras em Jacarecica começam a valer nesta quarta

acessibilidade:

A partir da manhã desta quarta-feira (6), a Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) dará início à segunda fase do desvio em Jacarecica, no entroncamento da Avenida Pierre Chalita com a rodovia AL-101 Norte, no mesmo local onde atualmente já existe o desvio iniciado em fevereiro deste ano.

 

A diferença, desta vez, segundo Alcides Tenório, secretário-executivo de Obras, é que o tapume, até então localizado no lado direito, será complementado até o centro da via.  

 

“Para continuidade da obra, precisamos complementar o tapume para o meio da pista, ocupando a faixa da esquerda, por onde atualmente temos fluxo de veículos no sentido Parque Shopping – Guaxuma. Com a complementação do tapume, desocupamos a faixa da direita, que é por onde esse fluxo de veículos agora irá passar”, explicou Tenório.

 

O novo desvio, que deverá ter duração de aproximadamente cinco meses, é necessário para que sejam executados serviços da parte estrutural do viaduto, como fundação, pilares, vigas e lajes superiores.

 

O secretário afirma ainda que, nesta etapa, a funcionalidade do desvio anterior será mantida e serão adotadas as mesmas medidas de segurança de motoristas e pedestres, como ocorrido na primeira etapa.

 

“Para esse novo desvio não será diferente, iremos sinalizar toda a área que sofrerá mudanças, com placas de redução de velocidade e novo sentido do trânsito. A vizinhança local não precisa se preocupar, não haverá mudanças em relação ao primeiro desvio. A funcionalidade será mantida”, ressaltou o secretário-executivo de obras.

 

Todo o processo de interdição do trânsito na área foi pensado em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran), que estarão no local auxiliando na fluidez do trânsito e a na segurança dos pedestres durante os primeiros dias do novo desvio.  

 

 “É importante frisar que todo processo de interdição de via está sendo feito de forma planejada pela Setrand e, por isso, não está havendo tantos transtornos como estávamos habituados. É claro que, durante a execução de obras, eles são inevitáveis, mas, nossa missão é fazer com que eles sejam minimizados ao máximo e que a população não seja gravemente afetada”, salientou Alcides Tenório.