Mais Lidas

Covardia

MP abre denúncia contra assassino da estudante de biologia da UNB

Segundo a denúncia Neres premeditou o crime de forma meticulosa

acessibilidade:

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) denunciou nessa sexta-feira (8) Vinícius Neres, 19 anos, pelo pelo assassinato de Louise Ribeiro. O crime aconteceu em 10 de março no Laboratório de Biologia da Universidade de Brasília (UnB). O estudante confessou a atrocidade e deu detalhes para a polícia. Ele segue preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

A 4ª Promotoria do Tribunal do Júri de Brasília acusou o estudante pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, em razão da asfixia, e por estarem os fatos no contexto que caracteriza o feminicídio, além da destruição de cadáver.

Segundo a denúncia, o acusado premeditou o crime de forma meticulosa, decidindo hora, lugar e meio de execução. As investigações revelaram que o denunciado matou a vítima por não se conformar com o término do relacionamento amoroso que mantivera com ela. Ele atraiu a vítima até o local do crime e a atacou, com um pano embebido em clorofórmio. Em seguida, fez com que ela ingerisse a substância.

A morte ocorreu por asfixia físico-química. Após matar a vítima, o autor transportou o corpo até um local ermo e ateou fogo