Letalidade é de 4%

Mortes por Covid-19 crescem 290% em uma semana e atingem 359 no Brasil

São 9.056 casos confirmados de covid-19, um aumento de 15% em relação ao dia anterior

acessibilidade:
Foto: Getty Images

O número de mortes no Brasil devido à Covid-19 aumentou 290% em uma semana. Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta sexta-feira (3), subiu para 9.056 o número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus e o total de mortes chega a 359. Na sexta passada, havia 92 óbitos.

De ontem para hoje, houve um novo recorde diário de registro de mortes: 60 novos óbitos. O recorde anterior havia sido registrado na quinta, com 58 mortes confirmadas em apenas um dia.

O crescimento no número de casos confirmados entre quinta e sexta-feira foi de 15%. Em relação ao número de mortes, o aumento foi de 20%.

Já a taxa de letalidade, relação entre os casos diagnosticados e a quantidade de mortes, aumentou de 3,75% para 4%.

Os cinco estados que representam a maior preocupação do Ministério da Saúde são: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Ceará e Amazonas.

São Paulo tem 4.048 casos confirmados e 219 mortes. Rio de Janeiro tem 1074 casos confirmados e 47 óbitos. Distrito Federal tem 402 casos e cinco mortes. O Ceará registrou 627 casos confirmados e 22 mortes. O Amazonas tem 260 casos confirmados e sete mortes.

O Ministério da Saúde, porém, tem informado que o número real de casos tende a ser maior, já que são testados apenas os casos graves, de pacientes internados em hospitais, e há casos represados à espera de confirmação.

Equipes de atenção básica em várias cidades e estados afirmam que a subnotificação ao Ministério da Saúde de casos suspeitos tem sido gigantesca. Dizem ainda que, sem uma portaria específica do ministério, médicos têm se guiado por notas técnicas locais com orientações distintas.