Chumbo trocado

Moro rebate críticas de Lula contra ele e Campos Neto: ‘método da mentira lulista’

O petista comparou Campos Neto a Moro e afirmou que o presidente do BC 'trabalha para prejudicar o país'

acessibilidade:
Senador Sérgio Moro (União-PR). (Foto: Diário do Poder).

O senador Sérgio Moro (União-PR) rebateu às críticas disparadas pelo presidente Lula (PT) contra ele e também contra o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto.

O petista comparou Campos Neto a Moro e afirmou que o presidente do BC “trabalha para prejudicar o país”.

“Vamos repetir o Moro? O presidente do Banco Central está disposto a fazer o mesmo papel que o Moro fez? O paladino da Justiça, com rabo preso a compromissos políticos. Na hora que eu tiver que escolher o presidente do Banco Central vai ser uma pessoa madura, calejada, responsável. Alguém que tenha respeito pelo cargo que exerce e alguém que não se submeta a pressão de mercados, que faça aquilo que é de interesse do 203 milhões de brasileiros”, afirmou Lula em entrevista à rádio CBN.

Após as críticas, Moro classificou as falas de Lula como um “método da mentira lulista para esconder corrupções”.

“Lula, ao atacar sem razão o Bacen e Campos Neto, quer levantar nuvem de fumaça sobre a incompetência de seu Governo na economia. É a mesma técnica que usou contra mim: quando me atacava queria esconder a corrupção de seus Governos e da Petrobras. Há método na mentira lulista”, declarou o parlamentar na rede social X (antes conhecida como Twitter).