Terracap

Moradores do Jardim Botânico terão que pagar por terrenos

Decisão afeta os condomínios que compõem a Etapa 2

acessibilidade:

Moradores dos condomínios que compõem a Etapa 2 do Jardim Botânico: Jardim Botânico, Jardim Botânico 1, Jardim Botânico VI, Estância Jardim Botânico, Jardim das Paineiras e  Mirante das Paineiras, terão que pagar ao Governo do Distrito Federal  pelos terrenos.

 O Conselho Especial da Magistratura da Justiça do DF do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) rejeitou o recurso dos moradores dos 1.225 lotes e agora as famílias terão que pagar para regularizar as áreas.

Agora a Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) vai prosseguir com o registro de loteamento. Em seguida será publicado um edital e convocação para que os moradores possam, em um período de 90 dias, manifestar a opção pela compra direta.

 Por meio de nota a Terracap informou que  “Toda a infraestrutura da área já foi quantificada. A Terracap vai atualizar a avaliação. Os valores praticados serão os praticados pelo mercado, deduzidas todas as benfeitorias já realizadas pelos moradores, como a implementação de água, luz, pavimentação e esgoto. O que será pago corresponde apenas ao terreno, sem contar a edificação”.

O presidente da agência, Júlio César de Azevedo Reis, afirmou que “a venda dos lotes da Etapa 2 do Jardim Botânico poderá gerar uma arrecadação de até R$ 250 milhões aos cofres públicos. Já na próxima semana, a Terracap convocará os síndicos dos condomínios para apresentar os critérios da venda direta”.