Mais Lidas

Segundo ministro

Ministro de Minas e Energia também contraiu coronavírus

A informação foi dada pelo presidente Bolsonaro durante coletiva de imprensa

acessibilidade:
Bento Albuquerque foi questionado por deputados da oposição sobre aumento das tarifas, com capitalização da Eletrobras Fonte: Agência Câmara de Notícias Foto: EBC

O ministro e Minas e Energia, Bento Albuquerque, 61 anos, também contraiu o coronavírus, conforme informou o presidente Jair Bolsonaro durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (18). “Além do general Heleno que teve contato com alguns aqui, também tivemos positivo agora o teste do ministro das Minas e Energia, o almirante Bento. Obviamente, cuidado nosso tem que ser redobrado”.

O resultado positivo só ocorreu no segundo teste. Assim que o ministro retornou de viagem fez o exame que deu negativo, entretanto como  o teste foi realizado dentro da janela imunológica, ele e outras autoridades repetiram o procedimento.

Albuquerque fez parte da comitiva do Governo Bolsonaro durante viagem para o estado da Flórida nos Estados Unidos na última semana.

Mais cedo como foi publicado no Diário do Poder, o resultado do general e ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno também deu positivo para o coronavírus.

O primeiro caso de contaminação de integrantes da comitiva, foi do secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten.

Com esse resultado sobe para 17 o número de integrantes do grupo que contraíram o Covid-19. Entre eles estão, o embaixador do Brasil nos EUA, Nestor Forster, o secretário-adjunto de comunicação da Presidência, Samy Liberman, chefe do cerimonial do Itamaraty, Alan Coelho de Séllos e alguns parlamentares, como o deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC) e o senador Nelsinho Trad (PTB-MS).