Zika no DF

Ministério da Saúde diz que 285 mil casa foram visitadas no DF

As visitas fazem parte do esforço para tentar conter o avanço do Aedes Aegypti

acessibilidade:

O Ministério da Saúde afirma que no Distrito Federal, mais de 285 mil já foram visitadas pelas equipes de combate ao Aedes aegypti. Os agentes vão de casa em casa para orientar a população sobre a importância de identificar e eliminar os criadouros do mosquito.

Ministro da Saúde, Marcelo Castro, lembra que a mobilização é um dever de toda a sociedade, “é imprescindível que essa força conjunta, governo e sociedade, unidos, para eliminar os focos do mosquito. E não é muito! Basta que cada família dedique 15 minutos, uma vez por semana para destruir todos os criadouros de mosquito”.

Castro ressalta os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito, “é preciso checar os vasinhos de planta, os pneus, as telhas, as vasilhas dos cachorros, os baldes, deixar as caixas d’água e os lixos tampados. É preciso checar todos os lugares que podem acumular água. Não podemos deixar o mosquito nascer”.

Dia D

Apenas no último sábado, (13) durante o dia nacional de mobilização zika zero, mais de dois milhões e 800 mil residências de 428 municípios do país foram visitadas por mais de 220 mil agentes de combate às endemias. Os agentes e militares identificaram, até agora, mais de 844 mil imóveis com focos do mosquito. 

Reportar Erro