Mais Lidas

Posição definida

Michel Temer alerta que ‘cobrança virá’ se houver retrocesso na Lei das Estatais

Ex-presidente elogiou política de preços da Petrobras por ter permitido a recuperação da "crise pré-falimentar em menos de um ano e meio"

acessibilidade:
Ex-presidente elogiou política de preços da Petrobras por ter permitido a recuperação da "crise pré-falimentar em menos de um ano e meio"

O ex-presidente da República Michel Temer afirmou nesta quarta (22) que “as estatais prestam grandes serviços ao país e precisam ser protegidas” ao criticar a movimentação para implementar mudanças na Lei das Estatais, aprovada em seu governo.

Segundo nota divulgada, o aperfeiçoamento contínuo da legislação é o que se espera do mundo políticos, “não que promova retrocessos”.

Temer elogiou a atual política de preços, por permitir “a recuperação da Petrobras da crise pré-falimentar em menos de um ano e meio”.

“A lei que se pretende amputar significou a moralização das atividades públicas empreendidas pelas empresas estatais e um grande avanço nos costumes políticos do país”, diz o texto.

Temer finaliza em tom de alerta. “Estejam certos, se houver retrocesso, a cobrança virá!”

Reportar Erro