Segue a crise diplomática

Waiãpi sobre crise com Israel: ‘enorme prejuízo para a Defesa Nacional’

Deputada aponta dependência da Força Aérea Brasileira de equipamentos israelenses.

acessibilidade:
Deputada federal Silvia Waiãpi (PL-AP) denuncia contaminação em terras indígenas. Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Enquanto o presidente do Brasil põe lenha na fogueira da crise diplomática com o Estado de Israel, a deputada federal Silvia Waiãpi aponta par mais uma das prováveis sanções a serem sofridas pelo Brasil. A parlamentar, primeira mulher indígena militar de carreira pelo Exército Brasileiro, recorda que no caso de corte dos laços com o governo de Benjamin Netanyahu, dois projetos da Força Aérea que dependem do abastecimento tecnológico de Israel, o caça Gripen e o avião KC-390.

 “Como o atual Governo pretende, no curto e médio prazo, superar as dificuldades da reposição de peças do caça Gripen?”, questionou a deputada em ofício encaminhado ao Itamaraty.

E completou “os dois maiores projetos da FAB são dependentes de tecnologia israelense”.

A deputada adverte que “o rompimento entre os países irá gerar uma crise na Defesa Nacional Brasileira. Um prejuízo direto nas Forças Armadas do nosso país, tendo em vista que deixará uma lacuna na aquisição de equipamentos aviônicos e de inteligência no combate moderno”.

Em nova declaração, o presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, reduziu o conflito que envolve assassinato de bebês judeus, estupro de judias e assassinato de civis decapitados a uma disputa territorial.

“Eu sou favorável a criação do Estado Palestino. E pelo Estado Palestino viver em harmonia com Israel. O que o estado de Israel está fazendo com o povo palestino é genocídio. Estão morrendo mulheres e crianças dentro do hospital. Se isso não é genocídio, não sei o que é”, discursou. 

 O discurso antissemita de Lula, durante evento no Rio de Janeiro, também está em sua página oficial na rede social instagram. A declaração sinaliza a continuidade da crise diplomática inaugurada pelo presidente petista contra a nação amiga de Israel.

Reportar Erro