Para inglês ver

Lula chama Campos Neto de adversário ideológico

Lula tenta atribuir ao Banco Central seu fracasso na área econômica

acessibilidade:
Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). (Foto: Acervo Pessoal/Instagram-@lulaoficial).

O presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, voltou à atacar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Durante entrevista nesta sexta-feira (21), Lula afirmou que vê Campos Netto como “adversário político, ideológico”.  O petista também comemorou a aproximação do período de saída de Campos Neto do comando do Banco Central.

“O presidente do Banco Central é um adversário político, ideológico e adversário do modelo de governança que nós fazemos. Ele foi indicado pelo governo anterior e faz questão de dar demonstração de que não está preocupado com a nossa governança, ele está preocupado é com o que ele se comprometeu — disse Lula em entrevista à rádio maranhense Mirante News FM”. 

Durante esta semana Lula voltou holofotes para Campos Neto, tentando atribuir ao presidente escolhido por Jair Bolsonaro o fracasso de sua gestão na área econômica.