Comissão de Segurança Pública

Fraga quer convocar Lewandowski sobre câmeras corporais

O governo está prometendo recursos para estados que monitorarem os policiais

acessibilidade:
Deputado Alberto Fraga (PL-DF). (Foto: Agência Câmara)

O presidente da Comissão de Segurança Pública na Câmara dos Deputados, Alberto Fraga (PL-DF), deu declaração à imprensa reafirmando o interesse em convocar o ministro da justiça, Ricardo Lewandowski,  para explicar a nova portaria do ministério da Justiça sobre o uso de câmeras corporais nos uniformes de policiais militares.

A portaria serve como orientação para unidades da federação que decidirem por usar os equipamentos. O governo está prometendo recursos para estados que fizerem essa opção.

“Daqui a pouco vamos ter que convocá-lo para ele ter que explicar isso. Já tem essa possibilidade [de convocação]. O que eu senti é que vai ser inevitável. Se ele quer fazer essas coisas ao arrepio do Congresso, sem ouvir o Congresso, é muito fácil”, afirmou Fraga.

Não é a primeira vez que o presidente da Comissão se posiciona dizendo ser ‘inevitável’ a convocação do ministro em virtude do mal estar provocado por iniciativas do governo em relação ao setor da segurança pública.

Ao Diário do Poder, o parlamentar diz que apesar das conversas com o ministro, a pasta comandada pelo ex-ministro do STF “não anda, não tem nenhuma resposta. Enquanto isso os parlamentares que são mais afoitos querem entrar com requerimento de convocação. E eu não aguento mais segurar esses requerimentos. […]Nós não vamos mais aceitar protelação. Isso está causando inquietação”.