Mais Lidas

Futuro político

Liliane Roriz tem segunda-feira decisiva na Câmara Legislativa

O caso de Liliane Roriz ficou engavetado por quase seis meses

acessibilidade:

A semana começa quente na Câmara Legislativa, principalmente para Liliane Roriz (PTB), que tem seu seu futuro nas mãos do corregedor da Casa, Rafael Prudente (PMDB). Encerra nesta segunda-feira (3) o prazo para que o distrital apresente o parecer sobre o pedido de cassação contra Liliane. É dele a palavra final se o processo de quebra de decoro parlamentar seguirá ou não para julgamento na Comissão de Ética da Casa. A filha do ex-governador Joaquim Roriz é acusada de receber apartamentos em Águas Claras em um esquema de corrupção que envolve a concessão de empréstimo por parte do BRB a uma construtora.

O caso de Liliane Roriz ficou engavetado por quase seis meses no Legislativo antes de ser aceito pela Mesa Diretora, poucos dias antes de o colegiado ser afastado por determinação da Justiça. Ele só começou a andar depois que a distrital entregou ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) grampos feitos por ela mesma com a então presidente da Casa, deputada Celina Leão (PPS), sobre um suposto esquema de corrupção que envolvia a troca de emendas parlamentares por propina paga por empresas da área de saúde.

Segundo as denúncias contra Liliane Roriz, seu pai, quando governava o Distrito Federal, teria facilitado a aquisição de empréstimos para uma construtora e recebido, em troca, 12 apartamentos em Águas Claras, que foram distribuídos entre as filhas Wesliane, Jaqueline e Liliane. A distrital nega.