Para distribuidoras

Petrobras reduz preços de gasolina, diesel e gás de cozinha

O GLP terá uma redução de 21,3% no preço médio de venda; os novos valores começam a valer nesta quarta-feira, 17

acessibilidade:
Governo teve de contingenciar recursos em razão do teto de gastos Foto: EBC

A Petrobras anunciou nesta terça-feira, 16, a redução nos preços da gasolina, do óleo diesel e do gás de cozinha (GLP). Este último terá uma redução de 21,3% no preço médio de venda.

A medida faz parte do que o presidente da companhia, Jean Paul Prates, classificou como uma nova estratégia comercial de preços da petrolífera para o mercado interno.

A partir desta quarta-feira, 17, a Petrobras venderá o botijão de 13 quilos de GLP às distribuidoras por um valor, em média, R$ 8,97 inferior ao atual. Se as distribuidoras repassarem a economia integralmente ao consumidor final, o botijão poderá chegar às residências pelo preço médio de R$ 99,87.

Os preços médios de venda de diesel e da gasolina A para as distribuidoras será reduzido em, respectivamente, R$ 0,44 e R$ 0,40. O diesel passará de R$ 3,46 para R$ 3,02. A gasolina, de R$ 3,18 para R$ 2,78.

A redução dos preços dos produtos para revenda, no entanto, depende de vários fatores, como impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro da distribuição e da revenda. “Teremos a melhor alternativa de preços para nossos clientes em cada ponto de venda da Petrobras. Lembrando que [no caso dos combustíveis] a empresa não tem mais uma distribuidora”, explicou o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates.

Reportar Erro