Governo Lula

Marcelo Freixo é nomeado presidente da Embratur, sob comando de Daniela Carneiro

Carneiro é a atual ministra do Turismo e fez campanha lado de miliciano que já ameaçou Freixo de morte

acessibilidade:
Marcelo Freixo, eleito deputado federal. Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados

O deputado federal Marcelo Freixo (PT-RJ) foi nomeado presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), órgão vinculado ao Ministério do Turismo. O decreto presidencial com a nomeação foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União, na noite desta quinta-feira (12).

Freixo ficará então sob comando de Daniela Carneiro. A ministra foi escolhida pelo presidente Lula para chefiar a pasta da Cultura. Ela está sob críticas por ligação com milícias do Rio, das quais Freixo inclusive fez diversas denúncias. Inclusive, a milícia comandada pelo ex-policial militar Juracy Alves Prudêncio, o Jura, que fez campanha lado a lado com Daniela Carneiro, ameaçou o então deputado estadual Marcelo Freixo na época da CPI das Milícias.

Por meio de redes sociais, Freixo disse que trabalhará visando recuperar a imagem do Brasil no exterior para atrair mais turistas, investimentos e criar empregos. “O primeiro passo é arrumar a casa. A situação na Embratur é de caos administrativo e ineficiência. Por isso, vamos passar o pente-fino nos contratos para acabar com o desperdício”, escreveu o novo presidente da Embratur.

Freixo disse que fará uma gestão “técnica e transparente, retomando o foco em marketing, promoção e apoio à comercialização do Brasil no exterior”, e que esse trabalho será executado tendo por base inteligência de dados, parcerias, inovação, agregando, também uma agenda de sustentabilidade e ações climáticas.

“O turismo é essencial para superarmos a crise e criarmos emprego, o que falta são políticas públicas e programas que fortaleçam o setor, em sintonia com as transformações recentes em nossa sociedade e o dinamismo que vimos em outros destinos turísticos no mundo”, disse.

“Para alcançarmos esses objetivos, vamos nos articular e realizar ações integradas com diversos ministérios para promovermos o turismo brasileiro. Também retomaremos imediatamente o diálogo com representantes do setor após 4 anos de isolamento”, acrescentou.

O novo presidente da Embratur descreveu como “missão” no cargo a de dar ao turismo “o protagonismo que ele merece e que o mundo espera” do Brasil. (Com informações da Agência Brasil)