Em Copacabana

Bolsonaro cita Musk e exalta liberdade de expressão

"Fizeram voltar à cena do crime o maior ladrão da história do Brasil", protestou o ex-presidente.

acessibilidade:
Jair Bolsonaro (Foto: redes sociais)

O ápice do evento promovido na capital carioca, em Copacabana, neste domingo (21), pela direita bolsonarista, foi o discurso do ex-presidente da República Jair Bolsonaro. Ele pediu aplausos ao dono da rede social X, Elon Musk, e afirmou que foi a liberdade de expressão que o levou à Presidência da República.

“Fizemos o possível e o impossível, as provas estão chegando, apesar de vocês já saberem o que aconteceu. Com isso (segurando o celular na mão), chegou alguém fora do sistema à Presidência da República. Sem isso, com censura, com discriminação, eles fizeram voltar à cena do crime o maior ladrão da história do Brasil”, afirmou.

Bolsonaro também afirmou que ‘o sistema’ não gostou dos quatro anos em que foi presidente da República e passou a trabalhar contra a liberdade de expressão. “Ainda têm a desfaçatez de dizer que salvaram o Brasil de uma ditadura. Elegeu um acara amante de ditaduras”, completou o ex-presidente. 

 

Reportar Erro