Escapou

Justiça não consegue notificar deputado Aylton Gomes

acessibilidade:

O deputado distrital Aylton Gomes (PR) conseguiu escapar da notificação da leitura do requerimento que pede a abertura de processo disciplinar e a perda de mandato. O deputado foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) por improbidade administrativa, teve a perda dos direitos eleitorais por dez anos e foi multado em R$ 2 milhões. Gomes está em viagem particular ao interior de São Paulo, onde acompanha um familiar que faz tratamento contra o câncer, e só deve retornar a partir de quinta-feira. 

A leitura do requerimento foi feita em Plenário depois que o TJDF publicou o acórdão que manteve a condenação de Aylton, acusado de participar de um esquema de pagamento de propina a parlamentares para aprovação de projetos do Executivo.

O prazo para que Aylton Gomes apresente defesa é de dez dias após ser notificado. Vencido esse período, independente da apresentação de defesa, a Corregedoria tem mais dez dias para a apresentar parecer se aceita ou não a abertura do processo. ?Meu parecer, depois do prazo de esclarecimentos dele, será feito com base nos autos, à luz da legalidade?, afirma corregedor da Casa, deputado Patrício (PT).

Reportar Erro