Mais Lidas

Mais do mesmo

JHC anuncia, como suas, obras já autorizadas por ex-prefeito, em Maceió

Prefeito assinou pela segunda vez ordem de serviço de creche e anunciou ciclovia já autorizada

acessibilidade:
Prefeito JHC repetiu ato de assinatura de ordem de serviço de creche, já assinada em 2020 por Rui Palmeira, em Maceió. Fotos: Secom Maceió

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o “JHC” (PSB), segue protelando a promessa de mudança imediata em que o eleitor apostou em 2020. Enquanto reclama de seu antecessor Rui Palmeira (sem partido) por ter herdado um suposto “rombo” no caixa, com o município sem poder receber verbas federais, o prefeito JHC autorizou e anunciou, como se fossem novidades de seu novo governo, obras projetadas e já autorizadas pelo ex-prefeito.

O mais do mesmo praticado pelo prefeito que prometeu mudança para derrotar o grupo político do senador Renan Calheiros (MDB) iniciou na semana passada, quando JHC voltou a assinar uma ordem de serviço para a construção de uma creche no bairro Ouro Preto. E deve prosseguir amanhã, quando prometeu assinar autorização para construir uma ciclovia na principal via de Maceió, na Avenida Fernandes Lima.

“Boa notícia para a mobilidade! Na terça, assino a ordem de serviço para a construção da ciclovia na avenida Fernandes Lima. Esse primeiro trecho vai da praça Centenário até a Facima, na parte alta. O percurso será no canteiro central, preservando o meio ambiente. O que acharam?”, escreveu o prefeito JHC, nas redes sociais.

A continuidade natural dada pelo novo gestor às obras iniciadas pelo ex-prefeito é obrigação do cargo. Mas a forma como JHC tem anunciado as obras como se fossem suas causaram reação como a do vereador Joao Gabriel Costa Lins, o “Joãozinho” (PODE). O oposicionista condenou o que chamou de enganação do prefeito, em não informar que daria continuidade à execução dos dois projetos já autorizados por Rui Palmeira.

“JHC em menos de um mês já está enganando o maceioense. Vai assinar a ordem de serviço que já estava assinada. Incompetência por desconhecimento ou mau caráter querendo enganar o povo? JHC continua com velhas práticas, querendo ser pai da obra dos outros. O povo de Maceió merece respeito, prefeito”, criticou Joãozinho, nas redes sociais.

O replay

No dia 30 de dezembro de 2020, em seus últimos atos como prefeito, Rui Palmeira assinou as ordens de serviço para construção de creche no Ouro Preto e de ciclovia na Avenida Fernandes Lima, durante evento no bairro Clima Bom, onde fez um balanço das obras do Programa Revitaliza Maceió, que integra o Nova Maceió.

Na última quinta-feira (14), foi a vez de JHC reproduzir o ato de assinatura da ordem de serviço da creche, com direito intensa cobertura da imprensa do ato que o próprio prefeito exaltou como “primeira ordem de serviço para construção de uma creche que vai beneficiar as mães e crianças do Ouro Preto”.

A obra da creche foi anunciada por Rui Palmeira como um investimento de mais de R$ 1,8 milhão em recursos dos precatórios do antigo Fundef, tendo como executora a Construtora Terra Nordeste, vencedora da licitação. E a ciclovia da Fernandes Lima como uma obra de R$ 2,5 milhões, tocado pela AM3 Engenharia, que terá um ano para concluir o serviço no canteiro central do trecho de 4,8 km, entre a Praça Centenário, no Farol, e o bairro do Canaã.

Secretário de JHC afirma que prefeito de Maceió garantiu início efetivo das obras de creche, no Ouro Preto. Foto: Secom Maceió

Serviço não iniciado

Questionada pelo Diário do Poder sobre a repetição dos atos administrativos do ex-prefeito, a assessoria de imprensa do prefeito JHC encaminhou nota em que o secretário municipal de Educação (Semed), Elder Maia, afirmou que “a ordem de serviço havia sido dada, mas o serviço não havia se iniciado”.

“Como tudo que aconteceu na gestão passada – profundamente marcada por letargia e morosidade – alguns aspectos estavam incompletos. A obra não foi iniciada, pois não tinha sido concedida a autorização formal para a empresa contratada. O empenho havia sido emitido, mas não havia sido entregue e confirmado junto à empresa. Todos esses aspectos legais e atos administrativos foram disponibilizados e entregues à empresa ontem, durante a cerimônia, pela equipe de engenharia da Semed. Sem os aspectos mencionados a obra não poderia ter sido iniciada. Fizemos, portanto, o que a gestão passada não fez, com muita celeridade, eficiência e energia, marcas do prefeito JHC”, disse o secretário de JHC.

Pedra fundamental foi opção

A ex-secretária de Educação de Maceió, Ana Dayse Dórea, confirmou ao Diário do Poder que a ordem de serviço para a creche do Ouro Preto foi dada pelo prefeito Rui Palmeira e assinada por ela também, como manda a legislação. E disse que ter um ato para pedra fundamental para a obra foi uma opção do prefeito JHC.

A ex-gestora ainda informou que ela e Rui Palmeira deixaram várias licitações em andamento, com respectivos recursos assegurados pelos precatórios do antigo Fundef, o que vai possibilitar à nova gestão do município realizar várias inaugurações ainda esse ano, caso as dê prosseguimento.

“Torço para que a nova gestão da SEMED faça muito mais do que fizemos e eleve cada vez mais os Indicadores da Educação, como conseguido pela nossa gestão, reconhecida nacionalmente! Tudo devidamente planejado, com muita transparência e o acompanhamento pelo Ministério Público, através do TAC assinado com a Prefeitura de Maceió”, concluiu Ana Dayse.

O Diário do Poder quis saber se o prefeito JHC vai mesmo realizar amanhã o ato de assinatura da ordem de serviço da ciclovia, já assinada pelo ex-prefeito Rui Palmeira. Também perguntou à assessoria do prefeito se JHC vai responder às críticas do vereador Joãozinho sobre a forma como tem anunciado a continuidade dos projetos do antecessor. E aguarda as respostas.