Taxa abusiva

Jardim Botânico cobrará R$ 50 por fotos no local

Aviso do governo causou revolta entre os usuários do Jardim Botânico

acessibilidade:

O Jardim Botânico, sempre muito utilizado pelos profissionais da fotografia para a realização de ensaios, anunciou nesta semana que passará a cobrar R$ 50 aos que captarem imagens nas dependências do local. O informativo tem causado alvoroço nas redes sociais, onde os usuários já acusam o Governo do Distrito Federal (GDF) de cobrar pelo uso de ambiente público. “Vou continuar a fotografar e não vou pagar nada. Quero ver que lei é essa ou que regimento é esse. Deve ser a mesma que expulsou o pobre do senhor que vendia pastel e deu exclusividade ao ruim demais. Revolta!”, afirmou a usuária Cris Autran.

Segundo o texto da ordem de serviço, assinado pelo Diretor Executivo do Jardim Botânico de Brasília, e já publicada no Diário Oficial do Distrito Federal, só será cobrada taxa de quem fizer imagens “com fins comerciais”, usando “equipamento profissional”. Além disso, os fotógrafos ainda serão obrigados a pagar a taxa de acesso individual, que atualmente é de R$ 2,00. A direção do Jardim Botânico também estabeleceu dia e horário para que o trabalho dos fotógrafos seja realizado: de segunda a sexta, das 9h às 17h. “Nos finais de semana, feriados e pontos facultativos não serão permitidas captação de imagens”,diz o informativo.

No comunicado, o Jardim Botânico alega que a taxa é necessária para a manutenção do local.

Reportar Erro