Mais Lidas

Vandalismo

Integrantes do SindÁguas invadem Centro de Convenções

Quando o grupo foi barrado, forçou a entrada e quebrou a porta

acessibilidade:

Na manhã desta terça-feira (28) um grupo de cerca de 300 integrantes do SindÁgua tentou entrar no Centro de Convenções Ulysses Guimarães para participar do Kick-off Meeting do 8º Fórum Mundial da Água.

Como o grupo não tinha credenciamento foi barrado, nesse momento forçaram a entrada, cinco seguranças foram agredidos e a porta foi quebrada. 

No momento o Fórum foi suspenso. Segundo funcionários do local o clime é tenso, os sindicalistas continuam no local, onde apenas dois policiais militares tentam controlar a situação.

O SindÁgua é o sindicato que defende os servidores da Caesb, que estão de greve desde o dia 16 de maio. 

No ano de 2014 um dos diretores do SidÁgua comandou a invasão no gabinete do presidente da Caesb. Oto Silvério Guimarães Júnior foi mantido em cárcere privado por cerca de 40 minutos. Somente com o apoio da Polícia Militar que o dirigente conseguiu deixar a sede da Caesb. Confira abaixo a nota da Caesb sobre o incidente.

Nota à imprensa

A Caesb lamenta profundamente que o Sindágua, sindicato que representa os empregados da Companhia, tenha levado questões que dizem respeito exclusivamente à Empresa e seus trabalhadores para o 8º Fórum Mundial da Água, que se realiza em Brasília. A Caesb considera inaceitável que, mais uma vez, o sindicato utilize de instrumentos incompatíveis com a democracia, a livre manifestação de ideias e de pensamento para, de forma truculenta e intransigente, interferir num evento tão importante para o Distrito Federal, para o Brasil e para diversos outros países que participam do Fórum.