transporte público

Greve paralisa Metrô-DF, que paga R$6 mil de média salarial

Além da média salarial elevada, Metrô-DF já atendeu reivindicações

acessibilidade:

A presidente do Metrô-DF, Ivelise Longhi, afirmou agora há pouco não compreender por que o sindicato dos metroviários levou a categoria à greve, nesta segunda-feira, considerando que todos os “reivindicações” estão atendidas, inclusive quanto à realização de concurso público. O sindicato é controlado por militantes do PSOL, que se põem ao PT, que governa o Distrito Federal.

Segundo ela, o menor salário pago a funcionário do Metrô-DF é de R$ 3.953,00, acrescidos de diversos penduricalhos que garante salários médios de quase R$ 6 mil. Há funcionário do Metrô-DF que pecebem R$ 15,6 mil mil mensais.

As atividades estão paralisadas desde a meia-noite, prejudicando mais de 150 mil pessoas. Dos 24 trens do sistema, sete funcionaram durante a manhã.