Mais Lidas

"Crise" debelada

Governo age rápido e substitui funcionários de 3º escalão que se demitiram na Economia

Adolfo Sachsida foi convidado para assumir o Tesouro Nacional

acessibilidade:
Esteves Colnago, Secretário de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia - Foto: Agência Brasil.

O governo federal agiu rápido e debelou a “crise”, confirmando a permanência de Paulo Guedes no Ministério da Economia e convidando os substitutos de dois servidores de terceiro escalão que se demitiram e foram acompanhados pelos respectivos adjuntos.

Foram convidados Estevan Colnago, para ocupar a Secretaria de Tesouro e Orçamento, a quem caberá escolher o Secretário do Tesouro Nacional. Ele substituirá a Bruno Funchal.

Nos bastidores, há a informação de que Adolfo Sachsida foi convidado para assumir esse posto.

O presidente Jair Bolsonaro chegou às 14h30 desta sexta-feira (22) ao Ministério da Economia, como sinal de prestígio a Guedes e para reafirmar seu compromisso de preservar o princípio constitucional do teto de gastos.

Tanto Colnago quanto Sachsida já integravam a equipe do ministro Paulo Guedes.