Fórum Nacional dos Governadores

Governadores debatem impostos de combustível e alta da covid

Reunião do Fórum Nacional dos Governadores será virtual devido aumento de casos da Covid-19

acessibilidade:
Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal -Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília/Arquivo

O Fórum Nacional do Governadores se reúne nesta quinta-feira (3), de forma virtual, para tratar de temas como a tributação de combustíveis e a proposta de criação de um fundo de estabilização de preços.

Como não poderia deixar de ser, outra pauta será o aumento de casos de Covid-19 no país inteiro. O reajuste do piso salarial nacional dos profissionais da rede pública da educação básica, também será debatido.

Na semana passada, os governadores decidiram prorrogar o congelamento do ICMS sobre os combustíveis por 60 dias.

“Diante do novo cenário que se descortina, com o fim da observação do consenso e a concomitante atualização da base de cálculo dos preços dos combustíveis, atualmente lastreada no valor internacional do barril de petróleo, consideram [os governadores] imprescindível a prorrogação do referido congelamento pelos próximos 60 dias, até que soluções estruturais para a estabilização dos preços desses insumos sejam estabelecidas”.

Na carta, os 21 chefes de estado ressaltam que essa proposta busca atenuar a inflação que prejudica os consumidores, principalmente as camadas mais pobres e desassistidas. E destacam a urgência para revisão da política de paridade internacional de preços dos combustíveis, tendo em vista os frequentes  reajustes, inclusive acima da inflação e do poder de compra da sociedade brasileira.

“Precisamos discutir soluções que não impactem os estados e, menos ainda, a população, na questão dos combustíveis”, afirma o governador do Distrito Federal, e líder do fórum, Ibaneis Rocha (MDB).

Reportar Erro