Queda

Gol tem prejuízo recorrente de R$ 130,2 milhões no 1º trimestre de 2024

No mesmo período do ano passado, a companhia aérea reportou um lucro de R$ 136,4 milhões

acessibilidade:
Os dados foram divulgados pela companhia aérea nesta terça-feira (14). (Foto: Reprodução/Facebook).

A GOL Linhas Aéreas divulgou que teve um prejuízo líquido recorrente de R$ 130,2 milhões no primeiro trimestre de 2024.

No mesmo período do ano passado, a companhia aérea reportou um lucro de R$ 136,4 milhões. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (14).

Conforme o Informe Trimestral (ITR) da Gol, a empresa contou com R$ 4,87 bi em instrumentos financeiros derivativos.

A receita líquida do primeiro trimestre da companhia aérea foi de 4,7 bilhões de reais, queda de 4,2% na base anual. O lucro recorrente antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) aumentou 15,2%, para 1,43 bilhão de reais.

Recuperação judicial

No começo do ano, em janeiro, a gol pediu ‘Chapter 11’ (recuperação judicial) no Tribunal de Falências dos Estados Unidos para reestruturar uma dívida de R$20 bilhões e captar recursos.

O Tribunal de Falências de Nova York aceitou o pedido. Com isso, todas as entidades envolvidas, sejam indivíduos, sócios, empresas, nacionais ou estrangeiros, estão proibidas de realizar certas ações.

Isso inclui a aquisição de bens ou propriedades da companhia aérea e suas subsidiárias (que, no caso dos EUA, inclui a Smiles), bem como iniciar ou prosseguir com qualquer processo judicial ou administrativo contra a empresa.

Empresa perdendo posto

No mês passado, a Gol perdeu a posição de segunda companhia aérea do Brasil em participação de mercado para a Azul.

A Latam se manteve na primeira posição do ranking de bilhetes aéreos emitidos pelas TMCs Abracorp, com 36,2% de share. A Azul, segunda colocada, ficou com 33,4%.

A Gol ficou na terceira posição, com 30,3% de participação.

 

 

 

 

 

Reportar Erro