Mais Lidas

Orla livre

GDF desocupa área na orla do Lago Paranoá para uso da população

Responsabilidade do custo de desobstrução das áreas é do morador

acessibilidade:

O GDF entregou 671 mil metros quadrados de área pública na orla do Lago Paranoá, no Lago Norte, para uso da população. De acordo com o governador Rodrigo Rollemberg, esse é uma conquista história para o Distrito Federal.

“É um salto civilizatório, mas é preciso usar a orla de forma ordenada. Faremos um concurso público internacional, o mais importante edital desde o da criação de Brasília, para que arquitetos e urbanistas deem ideias sobre o que fazer com o espaço.”

Segundo o governo, a ação é apenas uma inauguração formal da devolução da área para o uso da comunidade já que as ações já haviam sido concluídas pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis).

A responsabilidade do custo de desobstrução da área é dos moradores, que vão desembolsar de R$ 8 mil a R$ 12 mil. “A fiscalização será constante para não haver novas ocupações irregulares”, disse a diretora-presidente da Agefis, Bruna Pinheiro.

Mesmo com a promessa de fiscalização, alguns dos 20 milhões de metros quadrados desobstruídos pelo governo viram alvo de invasão. Neste mês, o Diário do Poder denunciou a ocupação da orla entre as QL 8 e 10 do Lago Sul por barracos, retirados pela Agefis posteriormente.