Mais Lidas

Paraíso para poucos

Ex-ministro do Turismo condena ‘privatização’ de praias na Rota dos Milagres, em Alagoas

Coordenador da bancada alagoana no Congresso, Marx Beltrão cobra livre acesso a praias

acessibilidade:
Acesso a uma das praias de São Miguel dos Milagres (AL). Foto: Rodrigo Soldon/Flickr

O coordenador da bancada alagoana no Congresso Nacional, deputado Marx Beltrão (PSD-AL), anunciou nesta quarta-feira (15) que vai acionar autoridades em busca de medidas contra a “privatização” de praias paradisíacas da chamada Rota Ecológica dos Milagres, nos municípios de Passo do Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, no Litoral Norte de Alagoas.

O ex-ministro do Turismo do governo de Michel Temer (MDB) destacou que incentiva o turismo e os hotéis e pousadas da região, que geram empregos, prestam serviço de qualidade, são referências regionais e nacionais. Mas condenou a construção de empreendimentos que têm tornado restrito o acesso às praias.

Marx Beltrão prometeu acionar o Ministério Público Federal (MPF), a Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e o Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) da Costa dos Corais, para que as atuais restrições sejam revertidas.

“Bugueiros, turistas não hospedados nos hotéis, pescadores e até os moradores das cidades são obrigados a atravessar becos estreitos, muros e cercas para ver o mar. Isso precisa acabar. Defendo as atividades turísticas e a atividade hoteleira. Repito, nada contra os hotéis. Mas o acesso às praias precisa ser de todos e para todos. Vou lutar por esta causa. As praias da Rota Ecológica não podem ser privatizadas”, reiterou Beltrão.

O deputado passou o último fim de semana na região de Milagres, e viu de perto a realidade exposta em uma reportagem de domingo (12), do jornal Folha de S. Paulo. A matéria mostrou que, na praia do Toque, point de celebridades, só se consegue alcançar a areia com facilidade, se estiver hospedado em uma das pousadas de frente para o mar.

View this post on Instagram

Sempre defendi o turismo. E quero deixar bem claro que os hotéis e pousadas dos municípios de Passo do Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras merecem apoio e ofertam serviços de excelência. Mas estes empreendimentos não podem "privatizar" o acesso à praia. Estive lá no último fim de semana e o que vi é lamentável. Turistas que não são hóspedes dos hotéis, pescadores, bugueiros e até moradores só tem acesso ao mar por meio de becos estreitos e murados, vielas com cercas, vergonhosas micro passagens. Até a imprensa nacional noticiou este absurdo. A praia é de todos e o acesso tem que ser livre. Vou acionar o MPF, a Secretaria do Patrimônio da União, o Conselho da APA da Costa dos Corais e quem mais for necessário. Esta distorção precisa ser corrigida. #marxtrabalha #deputadodopovo #topadocommarx

A post shared by Marx (@marxbeltrao) on

Obra denunciada

O início desta semana foi marcado por vídeos que circularam nas redes sociais denunciando uma obra de instalação de uma tubulação do Condomínio dos Milagres, que jogaria esgoto direto no mar de São Miguel dos Milagres. Mas o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) informou que se trata de um duto para escoar água pluvial (água de chuva), que não será lançada na praia. E afirmou que o empreendimento tem licença ambiental emitida pelo IMA, com o aval do ICMBio, que é o órgão gestor da APA Costa dos Corais.

O deputado estadual Davi Maia (DEM-AL), que preside a Comissão de Meio Ambiente na Assembleia Legislativa Estadual (ALE), disse que vai acompanhar a obra, juntamente com o Ministério Público Estadual (MPAL). O parlamentar chamou atenção para as escavações realizadas em área de restinga. E não descartou notificar o IMA, em caso de irregularidades, exigindo a imediata suspensão da obra e a consequente reparação dos danos causados ao meio ambiente.

Veja o vídeo desmentido pelo IMA, publicado pelo portal Gazetaweb: