Mais Lidas

Não sabiam do processo

Ex-funcionários da EBC acusam ex-advogado do Sindicato dos Jornalistas de embolsar indenização

Klaus Camelo de Melo representou o Sindicato de Jornalistas do DF até 2014

acessibilidade:
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Ex-funcionários da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) estão na Justiça contra o advogado Klaus Stenius Bezerra Camelo de Melo, que representou o Sindicato de Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF). Ele teria embolsado o dinheiro de uma causa que envolvia os nomes das vítimas. O processo é de cinco anos atrás e teve o trânsito em julgado no ano passado.

Segundo Francisco de Assis Alves, uma das vítimas, os ex-funcionários que tiveram o nome envolvido na causa não sabiam da existência do processo. “Um advogado nos procurou e perguntou se tinhamos recebido o dinheiro”, afirmou Francisco. Os envolvidos entraram em contato uns com os outros e descobriram que nenhum dos 17 ex-funcionários havia recebido a sua parte da indenização.

O advogado, representando o sindicato, teria entrado com um recurso sobre contratos por tempo determinado na EBC. Ainda de acordo com Francisco, o valor total embolsado pelo advogado foi de R$ 1,4 milhões. Cada ex-funcionário receberia um valor específico desse total.

De acordo com Francisco, um acordo entre as vítimas e o advogado está prevista para acontecer entre abril e maio deste ano.

O advogado é réu em outros processos também por não repassar as verbas devidas aos seus clientes, motivo citado pelo juiz do Trabalho substituto Audrey Choucair Vaz, em decisão de fevereiro deste ano, parar determinar o bloqueio de bens de Klaus Stenius.

Em 2017, o advogado chegou a ser suspenso do exercício da função pública de procurador de Planaltina, assim como dos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil. O advogado foi acusado de estelionato por falsificar contratos de associação com advogados para que um contrato entre o seu escritório e o município de Planaltina. Atualmente, a situação de Klaus na OAB consta como regular.

O Diário do Poder entrou em contato com o advogado Klaus Stenius e aguarda o seu posicionamento.

Por meio de nota publicada em seu site no dia 17 de março, o sindicato afirma que já notificou Klaus, que atuou em nome do SJPDF entre 2010 e 2014, para que o advogado preste contas dos valores que supostamente recebeu em nome de clientes.

Confira a nota na íntegra:

“O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal informa a toda categoria que está tomando as medidas legais possíveis referentes às ações ajuizadas por jornalistas contra o advogado Klaus Stenius Bezerra Camelo de Melo, que prestou serviços ao Sindicato entre 2010-2014. O Sindicato já notificou o advogado Klaus Stenius para que ele preste contas dos valores reclamados nos processos e que supostamente recebeu em nome de clientes, mas não fez o devido repasse. Até o presente momento o advogado não apresentou nenhum comprovante de pagamento.

O Sindicato informa que também é vítima destes processos e se os graves fatos forem confirmados buscará reparação por danos causados a esta entidade sindical, bem como aos seus filiados. A diretoria age e agiu em mandatos anteriores em conformidade para a execução correta das ações patrocinadas pelo SJPDF e reitera que não compactua com irregularidades. A direção do Sindicato coloca-se à disposição pra quaisquer esclarecimentos.”