Interferência de Lula

Em dois dias, Petrobras perde R$44 bilhões em valor de mercado

Ações preferenciais encerraram com redução de 2,84%, enquanto os papeis ordinários fecharam com queda de 1,82%

acessibilidade:
Mercado reagiu de forma negativa à demissão de Jean Paul Prates. (Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobras).

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) continuam em queda depois do anúncio da demissão do presidente da estatal, Jean Paul Prates, pelo presidente Lula. Em apenas dois dias, a petroleira já perdeu R$44 bilhões em valor de mercado.

Nesta quarta-feira (15), a empresa perdeu cerca de R$9 bilhões, chegando ao total de R$498,4 bilhões. No dia anterior, a baixa foi de R$35,3 bilhões, fechando em R$507,7 bilhões para o mercado.

Nesta 5ª feira (16.mai), as ações PETR4 encerraram em R$37,31, com redução de 2,84%. Já os papeis ordinários (PETR3) fecharam com queda de 1,82%, cotados a R$39,20.

A demissão de Prates foi comunicada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na noite da terça-feira (14). Segundo a Petrobras, a mudança se tratou de um “pedido de demissão negociado”.

Magda Chambriard irá assumir o cargo deixado por Paul Prates.  Ela é engenheira química e civil e tem sua carreira iniciada na Petrobras em 1980.

Reportar Erro