Mais Lidas

Adiamento

Edital de privatização do Parque Água Mineral é suspenso

Parecer explicando a decisão deve ser divulgado nesta quarta

acessibilidade:

A licitação que trata da concessão de serviços de uso público do Parque Água Mineral foi suspenso pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo anuncio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o pregão previsto para esta segunda (15) está previsto para continuar na próxima sexta (26). O motivo da suspensão será explicado por um parecer a ser divulgado nesta quarta (17). 

O aviso da licitação foi divulgado no dia 3 de abril pelo ICMBio. A empresa vencedora deve fazer um investimento inicial de R$ 4,5 milhões com implementação de serviços como abertura de loja, aluguel de bicicletas, manutenção das trilhas e criação de novas, entre outros.

Criado em 1961, o Parque Nacional de Brasília tem cerca de 30 mil hectares e abrange as regiões administrativas de Brasília, Sobradinho e Brazlândia, e o município goiano de Padre Bernardo. Os principais atrativos do parque são as piscinas de água natural. O local dispõe ainda de duas trilhas.

Série de concessões

O Parque Água Mineral é apenas um dos espaços do DF que estão na mira de concessionárias. Ao todo, 15 propostas de parcerias público-privadas (PPP) e de concessões são analisadas pelo GDF. Entre as propostas em fase de estudos estão a modernização da iluminação pública, a administração do Complexo Esportivo do Guará e do Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek.