Por nossa conta

Governo Lula gastou R$ 70 mil só em tapetes para palácios da Presidência

Governo Lula gasta R$ 70 mil em tapetes para os palácios da Alvorada e do Planalto

acessibilidade:
A primeira-dama Janja da Silva

O governo Lula gastou 70 mil em tapetes para decorar os palácios da Alvorada e do Planalto. Os itens são nas cores “mel claro e polar”. Segundo o Executivo, as novas peças irão decorar as áreas de circulação e onde acontecem as cerimônias do palácio. Uma das peças compradas chega a custar o valor de R$ 14 mil. A gastança foi revelada pela Revista Oeste.

Os tapetes serão feitos em sisal, pois esse material oferece mais vantagens ambientais do que fibras sintéticas e é biodegradável. O projeto de aquisição, como a escolha das formas e cores, foi dado pela Diretoria Curatorial dos Palácios Presidenciais da Presidência da República.

Em novembro do ano passado, o governo Lula já havia gastado quase R$ 90 mil reais para renovar o enxoval do Alvorada. O governo, à época,  adquiriu 168 artigos que iam de, colchas (com fios egípcios), lençóis, fronhas, edredons, cobre leitos, tapetes e até roupões.

No começo do governo Lula, já havia sido gasto R$200 mil em móveis de luxo para o palácio da Alvorada. O Executivo, na época, culpou o ex-presidente Jair Bolsonaro pelo desaparecimento de parte da mobília do palácio, entretanto os objetos estavam no próprio palácio guardados em galpões.